Principal » Homilia do Papa » O anjo da guarda existe, escutemos os seus conselhos

O anjo da guarda existe, escutemos os seus conselhos

10152551_794300173914922_872396190165526173_n

O anjo da guarda existe, não é uma doutrina fantasiosa, mas um companheiro que Deus pôs ao nosso lado para escutarmos os seus conselhos – esta a mensagem essencial do Papa Francisco na Missa de quinta-feira, dia 2 de Outubro, memória litúrgica dos Santos Anjos da Guarda.

Na primeira leitura, retirada do Livro do Êxodo, o Senhor coloca ao nosso lado um anjo para nos guardar. No Evangelho de S. Mateus no seu capítulo 18, proposto neste dia dos Santos Anjos da Guarda, encontramos Jesus que coloca um menino no meio de todos e diz-nos para sermos como as crianças para entrarmos no reino dos Céus. Os discípulos discutiam sobre quem era o maior entre eles, havia uma disputa interna – considerou o Santo Padre que recordou que estes primeiros bispos tinham a tentação do carreirismo. 
Duas imagens: o menino e o anjo. “Aqueles que estão mais próximos da atitude de uma criança, estão” mais perto da contemplação do Pai ” e ouvem com o coração aberto e dócil o anjo da guarda – afirmou o Papa Francisco:

“Todos nós, de acordo com a tradição da Igreja, temos um anjo connosco, que nos protege, faz-nos ouvir as coisas. Quantas vezes já ouvimos: ‘Mas, isto … eu deveria fazer assim, isto não está bem, tem cuidado … tantas vezes! É a voz deste nosso companheiro de viagem. Estejamos seguros que ele nos levará até ao fim da nossa vida com os seus conselhos e, por isso devemos escutar a sua voz e não rebelando-nos… Porque a rebelião, o desejo de ser independente, é algo que todos nós temos; é a soberba, aquela que teve o nosso pai Adão no Paraíso: a mesma. Não sejas rebelde: segue os seus conselhos”.

Ninguém caminha sozinho – observou o Santo Padre que afirmou ainda que ninguém se pode aconselhar a si próprio, devendo estar atento aos conselhos do anjo da guarda:

“Eu, hoje, faria a pergunta: como é a relação com o meu anjo da guarda? Eu escuto-o? Digo-lhe bom dia de manhã? Digo-lhe: ‘Guarda-me durante o sono?’. Falo com ele? Peço-lhe conselhos? Está ao meu lado. Esta pergunta pode respondê-la hoje, cada um de nós: como é a relação com este anjo que o Senhor enviou para guardar-me e acompanhar no caminho, e que vê sempre o rosto do Pai que está nos céus”.

Fonte: Radio Vaticano 02/10/2014

Sobre ewerton.ventura

Veja também

papa-quaresma-300x204

Mensagem do Papa Francisco para Quaresma 2015

“Fortalecei os vossos corações” (Tg5,8) Amados irmãos e irmãs! Tempo de renovação para a Igreja, …

Deixe uma resposta