Principal » Jovens » #Em um relacionamento sério. Será?

#Em um relacionamento sério. Será?

pc-heartO que vem me deixado curioso nos últimos tempos é a velocidade como algo em especial aparece e desaparece de alguns perfis nas redes sociais. É a atualização: “Em um relacionamento sério”. Mas será mesmo que é serio? O amor gera compromisso e doação, não só sentimento. Ganhar curtidas no facebook e comentário do tipo: “casal lindo, parabéns!”, é fácil mas, no fundo, o que queremos mesmo é viver algo maior do que um status no perfil ou um namoro fake.

A maioria de nós sonha em viver um grande amor e, por mais “durão” ou “durona” que você seja, aposto que já deve ter assistido o clássico “Titanic”, lembrando-se de alguém quando Jack e Rose se abraçam na proa do navio naquela cena tão típica de romance Hollywoodiano. Deu pra lembrar até a música de fundo, não é? Pena que depois, no naufrágio, Jack morre congelado mesmo a tábua de madeira cabendo os dois. Enfim, não estamos aqui para discutir o filme e sim para falar sobre relacionamentos sérios.

Querendo viver algo parecido com as histórias de cinema, vamos em busca do amor sem ao menos saber de verdade o que ele é. No #YOUCAT (se você participa de um grupo de oração do Shalom com certeza tem um, é bom usar!), fala que Deus é o amor. O primeiro status que deveríamos querer publicar é: Em relacionamento sério com Deus. Sabe por quê? As pessoas que, assim como eu e você, desejavam muito viver um amor de verdade, tipo Santo Agostinho, têm muito a nos ensinar. Já viu o que ele falou quando descobriu essa parada? “Eis que habitáveis dentro de mim, e eu, lá fora, a procurar-Vos! Disforme, lançava-me sobre estas formosuras que criastes. Estáveis comigo e eu não estava Convosco”.

Após um relacionamento sério com Deus, encontrar um Jack ou uma Rose será uma consequência, a vida de intimidade com o amor nos fará buscar o sagrado nas pessoas, na castidade e na pureza. Porque todo amor ganha sentido na experiência com Jesus Cristo. Quer ver? Uma das maiores declarações de todos os tempos, para mim, foi a de Adão, e olhe que foi a primeira de todas. Quando Deus mostra para Adão sua companheira Eva, ele exclama em uma tradução hebraica: “agora sim, eu de mim mesmo!”. O cara arrasou! Pense em um homem romântico.

DANGER (cuidado)! O Problema é quando nós aceitamos, perdoe a palavra “qualquer coisa”, como se mendigássemos amor, aí acontece aquele momento no Facebook e postamos (para nossa alegria, OU NÃO): Em um relacionamento Sério com fulano (a). “Será?’’ instantaneamente milhares de notificações aparecem. Se o amor nasce de uma doação livre do coração e de uma decisão pelo outro, será que estou de verdade em um relacionamento sério? Por que será que tantas atualizações desse tipo, aparecem e desaparecem com tanta velocidade? Essa é a “síndrome do mestre dos magos” e a síndrome de quem não aprendeu que o amor nasce de um desejo de ver o outro feliz e nasce em Deus! O amor não é lucro nem retorno imediato, é um investimento a longo prazo… Pausa para meditação!

E nada dessa de falar que tá encalhado, encalhado é quem não sai do lugar no amor, quem está apenas usando os outros para o seu prazer, essa pessoa está encalhada nela mesma. Quem está esperando em Deus está em movimento, em movimento de oração e de se reservar, as melhores coisas do mundo são reservadas e guardadas como um tesouro e às vezes um tesouro demora pra ser descoberto. Meu brother, ou minha sister, “o que vale a pena possuir, vale a pena esperar”.

E quando você, através de uma busca real do amor em Deus e da oração, mostrar ao mundo que o amor existe e é uma oferta pelo outro, na castidade e na doação mútua, você irá atualizar seu status para: Relacionamento Sério com alegria de estar na vontade de Deus.

Fonte: Shalom

Sobre ewerton.ventura

Veja também

presente

Deus nos presenteou com sua vida

Hoje estava pensando a respeito de nosso grupo de jovens: Jovens Seduzidos por Jesus. Fiquei …

Deixe uma resposta