Principal » Artigos » Anunciação de Jesus

Anunciação de Jesus

Filho Redentor:

“No sexto mês, o anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galileia, chamada Nazaré, a uma virgem e disse-lhe: ‘Ave, cheia de graça, o Senhor é contigo.’ Não temas, Maria, conceberás e darás à luz um filho, e lhe porás o nome de Jesus. Maria perguntou ao anjo: ‘Como se fará isso, pois não conheço homem?’ Respondeu-lhe o anjo: ‘O Espírito Santo descerá sobre ti’. Então disse Maria: ‘Eis aqui a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a tu palavra’” (cf. Lc 1,26-38).

Sendo assim, hoje é o dia de proclamarmos: “E o Verbo se fez carne e habitou entre nós” (Jo 1,14a). E fazermos memória do início oficial da Redenção de todos, devido à plenitude dos tempos. É o momento histórico, em que o ‘sim’ do Filho ao Pai precedeu o da Mãe: “Então eu disse: Eis que venho (porque é de mim que está escrito no rolo do livro), venho, ó Deus, para fazer a tua vontade” (Hb 10,7). Mas não suprimiu o necessário ‘sim’ humano da Virgem Santíssima.

Cumprindo desta maneira a profecia de Isaías: “Por isso, o próprio Senhor vos dará um sinal: uma virgem conceberá e dará à luz um filho, e o chamará Deus Conosco” (Is 7,14). Por isso rezemos com toda a Igreja:

“Ó Deus, quisestes que vosso Verbo se fizesse homem no seio da Virgem Maria; dai-nos participar da divindade do nosso Redentor, que proclamamos verdadeiro Deus e verdadeiro homem. Por nosso Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo”.

A solenidade da Anunciação do Senhor é a celebração do grande mistério cristão da Encarnação do Verbo de Deus. A data de 25 de Março está em função do Nascimento de Jesus, que é celebração exatamente nove meses depois.
Por isso o radical e pronto Sim da Virgem Santíssima permite que o Pai realize plenamente a Aliança Salvadora com a humanidade pelo seu Filho Jesus Cristo.

A Anunciação é um mistério divino, como nos proclama o Evangelho (Lc 1,26-38). O mensageiro respeita a condição humana de uma garota virgem que recebe uma proposta inesperada: ser mãe do Messias. Maria, a virgem prometida como esposa a José, aproxima-se progressivamente do mistério, deixando-se conscientemente envolver por ele, disponibilizando-se e adequando à proposta de Deus o seu próprio projeto. E termina pronunciando o seu “Eis-me aqui!”.

Pelo sim de Maria ela nos trouxe Jesus que nos leva a salvação, pelas mãos de Maria foi que nasceu a Comunidade Magnificat.

Maria Santíssima foi e será a inspiradora, intercessora e auxiliadora do projeto de Deus para esta comunidade. Foi ela quem com sua proteção maternal possibilitou o estabelecimento da comunidade ‘’Magnificat’’ no local onde está e o nome ‘’Magnificat’’ é em homenagem a ela.
Somos, portanto, uma comunidade que é toda ‘’de Maria’’.

Procuramos imitar sua atitude de fé, de esperança, de caridade e de perfeita união com Cristo, abrindo-nos à humildade alegre do ‘’Magnificat’’, para sermos, a seu exemplo, portadores de esperança, sobretudo entre os carentes

– Doralice CM

Sobre marcioferreira

Veja também

Como surgiu a Renovação Carismática Católica ( RCC )

A Renovação Carismática Católica teve início no ano de 1967, quando um grupo de estudantes …