Principal » Formação » Dia de todos os santos

Dia de todos os santos

todos os santos

Para que louvar os santos, para que glorificá-los? Para que, enfim, esta solenidade?

Em primeiro lugar, o desejo que sua lembrança mais estimula e incita é o de gozarmos de sua tão amável companhia e de merecermos ser concidadãos e comensais dos espíritos bem-aventurados, de unir-nos ao grupo dos patriarcas, ás fileiras dos profetas, ao senado dos apóstolos, ao numeroso exército dos mártires, ao grêmio dos confessores, aos coros das virgens, de associar-nos enfim, á comunhão de todos os santos e com todos nos alegramos.

O segundo desejo que brota em nós pela comemoração dos santos consiste em que Cristo, nossa vida, tal como a eles, também apareça a nós e nós juntamente com ele apareçamos na glória.

Com inteira e segura ambição cobicemos esta glória. Contudo para que nos seja lícito esperá-la e aspirar a tão grande felicidade, cumpre-nos desejar com muito empenho a intercessão dos santos. Assim, aquilo que não podemos obter por nós mesmos, seja-nos dado por sua intercessão.

Fonte: Liturgia das horas

Sobre ewerton.ventura

Veja também

O coração de Jesus bate forte por você

Jesus se fez homem, portanto tinha um coração de carne. O coração é um órgão …

Deixe uma resposta