Principal » Formação » Somos missionários, imitemos o Cristo.

Somos missionários, imitemos o Cristo.

“A própria natureza do cristianismo consiste, portanto, em reconhecer a presença de Jesus Cristo e segui-lo” (Documento de Aparecida nº. 244).

Nesse mês missionário todos nós somos chamados a questionar a maneira como temos vivido a nossa fé, segundo o texto do Documento de Aparecida acima citado, é preciso que coloquemos Jesus Cristo no centro da nossa vida, reconhecendo sua presença, não como um ser passivo mas sim como Senhor e Rei.

Não podemos nos deixar enganar e iludir por filosofias e ideologias que colocam o homem como centro de tudo. Jesus é o nosso tudo, portanto é necessário reconhecê-lo como Senhor e assim segui-lo sem reservas.

O cristão é um outro Cristo, presença real e sensível em um mundo que a cada dia se distancia mais da verdade do Evangelho. Por esse motivo, como cristãos, é uma necessidade urgente “imitarmos” o nosso mestre a cada instante em nossas vidas. E só podemos imitar aqueles com quem nós mantemos um contato intimo e próximo.

O grande desafio que enfrentamos para vivermos na integra a nossa Missão é agirmos segundo a vontade explícita do próprio Cristo. Portanto intensifique as suas orações, aplique-se à leitura da Palavra de Deus, pois é na oração o momento sublime do nosso encontro com o mestre e é na Palavra que o mestre nos fala, nos instrui, nos forma, segundo a sua santa vontade.

Aproximemo-nos do Senhor, para que sejamos cada vez mais moldados e formados segundo o testemunho tão eficaz de vida missionária que o próprio Jesus nos deixou, agindo assim teremos êxito completo na missão que o Senhor nos confia.

Que Deus abençoe grandemente a sua vida e a sua missão.

Por: Paulo Wagner

Fonte: Informativo Magnificat 

Sobre ewerton.ventura

Veja também

O coração de Jesus bate forte por você

Jesus se fez homem, portanto tinha um coração de carne. O coração é um órgão …

Deixe uma resposta