Principal » Notícias » Papa preferiu não celebrar nesta terça-feira devido à leve indisposição de ontem

Papa preferiu não celebrar nesta terça-feira devido à leve indisposição de ontem

1_0_806020Na manhã, desta terça-feira, dia 10 de junho, o Papa Francisco não celebrou Missa em Santa Marta, como normalmente, ainda devido à leve indisposição de ontem. Assim, o Santo Padre continuará a desenvolver a sua atividade normal na sua residência em Santa Marta que, às terças-feiras, não prevê audiências públicas. Recordemos que já ontem, segunda-feira, o Papa Francisco tinha adiado os encontros que tinha em agenda, precisamente devido a uma leve indisposição sentida durante a manhã, que o Padre Federico Lombardi, Diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, explicou como sendo devida ao “cansaço acumulado” dos últimos dias, nomeadamente, com o encontro de oração deste domingo pela paz na Terra Santa realizado no Vaticano. A agenda do Santo Padre neste fim-de-semana foi de facto muito carregada e começou logo no sábado com audiências de manhã e um grande encontro de tarde na Praça de S. Pedro com largas dezenas de milhares de fieis por ocasião dos 70 anos do Centro Desportivo Italiano. No domingo dia 8, o Papa Francisco celebrou a Missa de Pentecostes, recitou o Regina Coeli e durante a tarde teve uma intensíssima atividade com o encontro de oração pela paz com a presença dos presidentes israelita e palestiniano e o Patriarca de Constantinopla. Recordemos algumas das principais frases do Papa Francisco no passado domingo:
Excerto da homilia de Pentecostes (08-06-2014)“O Espírito Santo ensina-nos o caminho, recorda-nos e explica as palavras de Jesus, faz-nos rezar e chamar Pai a Deus, faz-nos falar aos homens em diálogo fraterno e faz-nos falar na profecia.”
Excerto do Regina Coeli (08-06-2014)“Um elemento fundamental do Pentecostes é a surpresa: já ninguém esperava nada dos discípulos, que depois da morte de Jesus se tinham tornado num grupeto insignificante, gente derrotada, órfãos do seu Mestre”. Ora a Igreja que nasce do Pentecostes suscita admiração por anunciar, com a força que vem de Deus, uma mensagem nova – a Ressurreição de Jesus, e isso com uma linguagem nova – a linguagem do amor.”
“Assim está chamada a ser sempre a Igreja: capaz de surpreender anunciando a todos que Jesus Cristo venceu a morte, que os braços de Deus estão sempre abertos, que a sua paciência está sempre ali, à nossa espera, para nos curar e nos perdoar.”
Discurso na Oração pela paz no Vaticano (08-06-2014)
“Senhores Presidentes, o mundo é uma herança que recebemos dos nossos antepassados, mas é também um empréstimo dos nossos filhos: filhos que estão cansados e desfalecidos pelos conflitos e desejosos de alcançar a aurora da paz; filhos que nos pedem para derrubar os muros da inimizade e percorrer o caminho do diálogo e da paz a fim de que o amor e a amizade triunfem.”
“É preciso coragem para fazer a paz, muita mais do que para fazer a guerra. É preciso coragem para dizer sim ao encontro e não à briga; sim ao diálogo e não à violência; sim às negociações e não às hostilidades; sim ao respeito dos pactos e não às provocações; sim à sinceridade e não à duplicidade. Para tudo isto, é preciso coragem, grande força de ânimo.”
Fonte: News V.A

Sobre ewerton.ventura

Veja também

Lançada encíclica do Papa Francisco: Laudato si, sobre o cuidado da casa comum

CARTA ENCÍCLICA LAUDATO SI’ DO SANTO PADRE FRANCISCO SOBRE O CUIDADO DA CASA COMUM   …

Deixe uma resposta